04 abril 2014
Olá meninas,

Hoje preparei um post muito especial para compartilhar com vocês a minha 'saga' em busca do meu vestido de noiva, eu tive uma história bem diferente da maioria, espero que gostem.

Comecei a procurar meu vestido 8 meses antes do meu casamento, resolvi ir na mesma loja em que minha irmã alugou seu vestido, por ser uma loja bem conceituada e tradicional de São Paulo, famosa por vestidos exclusivos de estilistas super talentosos por desenharem vestidos bem elaborados e elegantes.



O vestido da minha irmã foi um vestido bem estilo princesa, muitos bordados, renda linda, saias e mais saias de tule, e para fechar detalhes de cordões que saiam do corpo do vestido e viravam uma flor nas costas, um sonho!

Minha irmã linda de Black tie

Ao provar os vestidos estava convicta que queria o mesmo estilo, me apaixonei por esse vestido e escolhi ele para chamar de 'meu'.

Eu à la noiva 'bombom' com o 1º vestido


Mas com o passar do tempo, vendo revistas e mais revistas de noiva, vi que havia iniciado um período novo na moda dos vestidos de noiva com o casamento da Juliana Paes e seu vestido off white diferenciado assinado pelo estilista Samuel Cirnansck.




O tempo passou e chegou o dia da minha primeira prova do vestido, não fiquei muito animada, na verdade eu me senti um bombom sonho de valsa com tanto tecido, tanto bordado... me desencantei totalmente.

Tentei trocar de vestido mas o atendimento na loja que sempre costumava ser muito bom acabou deixando a desejar e não mais me ajudaram a achar o meu tão sonhado vestido (as lojas costumam dizer isso quando você visita a primeira vez) mas tudo mudou, não me deixaram ver a coleção nova e os vestidos que haviam chegado iam para a feira de noivas Casar e eu não poderia trocar meu vestido 'bombom' por outro recém chegado da coleção Pronoivas.

Infelizmente isso aconteceu comigo, em Abril de 2009, um mês antes do tão famoso mês das noivas.

Acabei indo a outras lojas para procurar algum vestido que me agradasse fui a 3 lojas, a primeira foi um horror, nada que eu gostasse, a segunda foi um 'não' já que  faltavam poucos meses para o SP Fashion Week e o estilista estava ocupado demais, a terceira e ultima loja foi a minha salvação, mesmo sem horário marcado a gerente fez questão de me encaixar após seu horário de almoço (ufa!)



Fui apresentada à grife francesa de vestidos de noivas pela primeira vez, ainda não estava certa se iria gostar do estilo dos vestidos, tão diferentes dos últimos que havia experimentado... a gerente atenciosa, percebendo minha insegurança e também o curto tempo até meu casamento (apenas 2 meses e meio) disse: "Se você provou outros vestidos, um Cymbeline vai só te confundir!", gravei essa frase e fui entender assim que provei o primeiro vestido da grife: lindo, maravilhoso, diferente, estiloso, leve, me senti magra, me senti linda, me senti modelo, enfim, ele caiu como uma luva no meu corpo e fiquei feliz como não havia ficado com nenhum outro vestido que já havia provado.

Vestido 1 - esse foi o primeiro que provei, não me lembro qual o nome desse modelo (todos tem um nome) achei muito delicado e fiquei me 'achando' rsrs (pena que não encontrei as minhas fotos durante a prova, mas estou procurando, assim que achar volto para atualizar esse post ok?!)

Uau!! Nath casando de vermelho? Não! Acontece que eu lá na Cymbeline funciona assim: primeiro você olha as fotos da coleção no álbum e escolhe quais modelos quer provar, no meu caso essa foi a primeira vez que vi o 'Crèole' assim, em vermelho (mas depois me mostraram outra foto na internet do modelo em branco)

Pronto, agora sim uma foto do meu escolhido em braco hehehe (confesso que foi muito melhor ver o modelo em vermelho porque realçou mais os detalhes)


Por fim acabei ficando em dúvida entre dois, mas tirei a dúvida quando analisei os detalhes dos dois vestidos, queria algo realmente diferenciado, e por isso escolhi o modelo Creòle com rendas exclusivas, nunca vi nada parecido em outro vestido.

Meu vestido, minutos antes de ser usado :)

Detalhes da renda - parecida com uma tela 


Como acessórios a Cymbeline ofereceu várias opções de boleros, blusas, echarpes, flores, véus, para mim foi ótimo a escolha da blusa de renda, bem delicada, sem costura alguma, ela foi toda feita à mão, toda de renda, sem emendas. 

Eu vi esse bolero de plumas e fiquei em 'choque' mas ele não combinava com meu vestido e eu precisava de algo mais quente pois casei no inverno


Desde boleros de renda mais básicos até os mais sofisticados, para combinar com o vestido em questão


 Bolero de manga longa


Esse bolero super exclusivo era a combinação perfeita para esse modelo de vestido, eles tinham tudo a ver 

 Vários tipos de 'colares' e 'gargantilhas' de renda para vestidos tomara-que-caia, nunca vi uma noiva assim nesse estilo, mas eu amo detalhes diferentes, não gosto do padrão que todo mundo gosta de usar, a noiva precisa estar diferenciada, essa é minha opinião :)

E por fim, uma foto minha que não poderia faltar com minha blusinha de renda escolhida :) - eu quase consegui seguir a tradição: algo azul (meu anel de noivado), algo emprestado (brincos da minha mamis), mas ficou faltando algo velho vintage :(


Pára tudo!!!! olha só o charme da luvinha francesa (usada em uma só mão) coisas que só a Cymbeline tem ;)


Foi uma correria só decidir o vestido em cima da hora mas não tem coisa melhor do que se sentir bem, amar a escolha, enfim, achar o vestido ideal. 

Meu papi (carinhosamente chamado de pinho por minha irmã e eu) e eu - ele participou em todo o processo da escolha do vestido e como sempre me apoiou muito quando quis trocar de vestido (embora tendo que pagar uma multa pela desistência do vestido)


Eu sigo a Cymbeline no Facebook e esses dias eles postaram uma foto sobre a premiação da marca por 4 anos consecutivos como a melhor grife francesa de vestidos de noivas, um luxo!



É devido ao trabalho dessas 3 senhoras que muitas noivas ficam felizes e realizadas no dia do seu casamento, assim como eu
feliz e realizada minutos antes de me casar :)


Espero que tenham gostado, escrevi com muito carinho! Aguardem em breve o post sobre os outros acessórios que usei.

Cymbeline São Paulo: Rua Dr Melo Alves, 427 - Jardins (travessa da Rua Oscar Freire)
Cymbeline website: http://www.cymbeline.com


Bjo Bjin
Nath

6 comentários:

  1. Amei amei... A segunda opcao ficou muito melhor em vc!
    Fala sobre o seu penteado e make... Please!
    vou me casar este ano !

    ResponderExcluir
  2. Em breve vou postat sobre os acessórios que usei e já vou aproveitar e falar da make e cabelo!!! obrigada pela visita! bjss

    ResponderExcluir
  3. Tatiane Delcidio4 de abril de 2014 20:30

    Naaa, você é uma princesa amiga, mas o segundo vestido ficou encantador, lembro até hoje o momento tão esperado em que vc entrou com o seu pai, digno de um conto de fadas!!!

    Beeeeijinhos
    Saudades

    ResponderExcluir
  4. Tudo lindo... Nath mostra detalhes do seu penteado!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei os looks do post...
    Da uma passadinha conferir estes que tem aqui http://www.melori.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lindos Looks no site Melori, a marca é nova?!
      bjss

      Excluir

Vou adorar saber sua opinião!

Perfil


Amo cosméticos, compras, conhecer lugares novos, viajar e compartilhar minhas experiências com minhas leitoras. Leia meu perfil completo:

Perfil

Search

Redes Sociais

Instagram


TOUR PELO BLOG

http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Adoro
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Dicas
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Receitas
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Restaurantes
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Viagens

Receba o conteúdo por e-mail!

PARCEIROS DO BLOG



Decoração de festa em NJ

Ensaio fotográfico

PARTICIPAÇÕES DO BLOG

Na e Na Levoto

LINKS

GeraLinks - Agregador de links

MeusLinks.com - Informação e conteúdo todos os dias para você! Eu Sou do CBBlogers
Tecnologia do Blogger.

Fale com a Nath

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog