05 julho 2017


1. Bistro Pastasciutta
Do mesmo dono da famosa cantina Pastasciutta, a versão 'bistrô' fica na rua coberta, uma das localizações mais privilegiadas (especialmente em dias de chuva ou garoa) para quem vai com crianças. A rua coberta é bem descolada com música ao vivo e cheia de aquecedores proximos as mesas, o que torna a refeição 'do lado de fora' mais agradável ainda.
Fomos ao bistro no almoço e escolhemos um prato executivo, achamos razoável, nada que chamasse a nossa atenção. Em outra oportunidade eu certamente não voltaria...


2. Divino
Foi uma surpresa agradável, pedimos uma indicação ao Concierge do hotel e eles nos indicaram o fondue do Divino como um bom fondue de preço razoável. A cidade é lotada de restaurantes que servem fondue e por isso é preciso ficar atento para não acabar indo a um local de muvuca ou baixa qualidade.

A dica do blog da Nath é olhar o site GROUPON que tem cupoms para o fondue no Divino. Infelizmente não tinhamos cupom, pagamos o preço cheio; porém o garçom nos informou essa possibilidade (ponto para o Divino!). O fondue para 2 saiu por $179.

O fondue foi excelente com uma ótima variedade de acompanhamentos e ingredientes muito bons.
O piso de cima fica reservado para fondue, como as paredes são todas de vidro nós jantamos com uma vista privilegiada da rua coberta e do pátio da igreja.



3. Cantina Pastasciutta
Um clássico estilo 'tem que ir' de Gramado. Esse restaurante me traz muitas lembranças boas, costumavamos ir a essa cantina nas viagens em família, então estar lá me fez lembrar muito do meu pai (meu pinho amado, vivo apenas na minha memória) e dos bons momentos que vivemos juntos.
A cantina tem 35 anos de tradição, originalmente as paredes eram brancas e os clientes podiam deixar recados com giz de cera, depois eles reformaram e deixaram um espaço pequeno para recados na parede do fundo apenas.
Os pratos são grandes e servem 2-3 pessoas, mas depende do seu apetite é claro ;)




4. Il Piacere
serve churrasco e parrilla bem servidos, porções generosas e familiares que nos fazem sair rolando de lá. Pedimos picanha e fomos surpreendidos com o tamanho do prato (eu lembrava que era grande, mas não tanto assim hehehe), a carne estava incrivelmente macia, e no ponto perfeito.
Super mega recomendado.



5. Armazém do Bill
Não posso dizer que amamos, porém a sopa de palmito no pão que eu pedi estava boa (não foi a melhor da vida) mas poderia estar melhor.
Para pratos rapidos e um almoço bem básico tipo 'querendo poupar espaço para o jantar' cai como uma luva...


6. Petit Casa da Montanha
A versão 'mini' do hotel Casa da Montanha fica localizado atrás da rua coberta e serve Walfes belgas diariamente a partir das 16h. O petit tem um bistro bem aconchegante que tem uma variedade muito legal de pratos para tomar com chá ou café, mas nossa intenção foi experimentar os famosos Galfes (waffles) belgas. Cada waffle vem com 3 acompanhamento a escolher e chá de maçã com canela servido a vontade... hum... que delicia, só de pensar estou com agua na boca.
O preço é bem compatível com a qualidade 'casa da montanha' cada waffle custa $35.




7. La Belle du Valais
Eleito o melhor restaurante suíço do Brasil, o Belle tem atendimento diferenciado. Efetuamos nossa reserva por indicação do hotel e eles disponibilizaram um carro para nosso translado de ida e volta.
O cardápio tema além de fondue, a tradicional raclete, prato tipico da suíça e a carta de vinhos é fora de sério, optamos por um Pinot noir indicado pelo maitre.
O fondue foi ótimo, bem farto e variado.
O restaurante tirou nota 1000 no quesito charme, ambiente lindo, de muito bom gosto, com uma lareira enorme próximo a nossa mesa, a noite foi inesquecível.
Embora o restaurante não tenha nenhuma ressalva quanto a crianças, não pude deixar de notar que é um ambiente mais romântico e por isso mais indicado para casais...
O preço é 'suíço' também e a conta vai sair na casa dos $400 dependendo do vinho escolhido. Quando eu voltar a Gramado certamente irei voltar ao Belle, então já deu para saber se recomendo, não é?!





8. Trudel
Um pequeno doce romeno que ganhou um lugar especial no meu coração estômago hehehe enquanto andávamos pela cidade descobrimos esse quitute delicioso, decidimos provar o de nutella. A massa do trudel me lembrou uma mistura de fatia húngara com pretzel, talvez assim dê para ter uma idéia do sabor e textura... Há varias opções de 'recheio', inclusive a possibilidade de adicionar uma bola de sorvete, mas preferi sem, afinal o frio estava de 'rachar'...




Espero que tenham curtido, em breve vou terminar os posts de Gramado com as dicas de passeio ;)

bjo bjin

0 comentários:

Perfil


Amo cosméticos, compras, conhecer lugares novos, viajar e compartilhar minhas experiências com minhas leitoras. Leia meu perfil completo:

Perfil

Search

Redes Sociais

Instagram


TOUR PELO BLOG

http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Adoro
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Dicas
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Receitas
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Restaurantes
http://www.blogdanathlevoto.com/search/label/Viagens

Receba o conteúdo por e-mail!

PARCEIROS DO BLOG



Decoração de festa em NJ

Ensaio fotográfico

PARTICIPAÇÕES DO BLOG

Na e Na Levoto

LINKS

GeraLinks - Agregador de links

MeusLinks.com - Informação e conteúdo todos os dias para você! Eu Sou do CBBlogers
Tecnologia do Blogger.

Fale com a Nath

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog